2012-08-21

Perdido no tempo...

Não sei se é segunda, quarta, sexta ou domingo
Não sei se é primeiro ou trigésimo, 
Não sei se é meio dia ou meia noite!

Não sei se esta sendo hoje, se foi ontem ou se vai ser amanhã.

Confesso que estou perdido, podendo se Natal ou ate mesmo passar pelas folias de Carnaval.

Esqueci de reparar que entre os invernos, existem algumas folhas a cair, o sol de novo a brilhar e novas flores a surgir.


Pode ser que 2012 não acabe com o mundo....
Mas meus desejos... sonhos e amores podem ser que não tenham a mesma sorte, e continuem perdidos no tempo.


4 comentários:

Rodrigo Bandas disse...

Lindo versos. Gostei demais.
Sucesso para seu blog!

http://www.rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Victor Lourenço disse...

Às vezes a correria do dia-a-dia não nos permite perceber as belezas ao nosso redor.

Pamela Kenne disse...

Quando estamos tão intensamente concentrados em nós mesmos tendemos a perder a noção de tempo e espaço. O universo torna-se a nossa mente.

Mas esse inverno psicológico passa... e amores e sonhos vêm sucessivamente.

Gisella CS disse...

O tempo é Incessante, imutável e impiedoso. Ele vai passando e vai nos marcando... Inevitável... Porém, nossos sentimentos eles permanecem! O tempo passa mas eles são plantados em nossos corações e criam raízes! Algumas, como roseiras, nunca se tem vontade de tirar. Outras,ervas daninhas, mas com raízes fortes demais para serem arrancadas de nós! O homem é bicho estranho, é bicho que aprendeu a voar mas ainda não conseguiu domar o que sente! Mas é isso: A sua incoenrência, a sua imperfeição, que o torna homem e vivo!

Sabe, posso enumerar motivos para nunca tirar o seu blog dos meus favoritos. Mas o principal é que quando chego aqui e leio o que vc escreve... Sinto, realmente, como se pescasse uma estrelinha nesse vasto universo e a guardasse em meu bolso!
Nunca pare de escrever Julinho vc inspira as pessoas :)

Bjkasss até o próximo poust

Postar um comentário

Vc já pescou sua estrela hoje (?)